Programa de aprendizado profissional



Programa de aprendizado profissional


Começar uma profissão nem sempre é fácil, existem muitos obstáculos até aprender tudo o que precisa para se inserir no mercado de trabalho, e é um fato que muitas vezes isso demanda custos e tempo. Foi pensando nisso que o Mokai desenvolveu um programa de aprendizado profissional em que contrata pessoas, sem nenhuma experiência, para ensiná-los a ser sushiman.



Como funciona?

É isso mesmo que você leu, no Mokai quem quiser ser sushiman, tem a oportunidade de receber um salário para aprender uma nova profissão. E conforme o conhecimento for sendo adquirido, essa pessoa tem a oportunidade de subir de cargo. Foi o que aconteceu com o Guilherme, que com 22 anos é chefe do sushi da unidade de Novo Hamburgo.


“Eu vim de uma família bem humilde, comecei a trabalhar em uma pedreira quando tinha 12 anos, minha esposa sempre falava para eu sair da pedreira, mas eu tinha muito medo do mercado de trabalho. E eu lembro bem de quando me ligaram do RH oferecendo para fazer uma entrevista como aprendiz de sushiman, tava fazendo uma segunda de muito calor na pedreira e a gente passava muito trabalho, eu aceitei na hora.”


O aprendiz de sushiman não precisa ter tido nenhum contato com uma cozinha, nem com o manejo do peixe, pois quando ele iniciar receberá todo o treinamento básico necessário, sendo acompanhado e assistido pelo líder do sushi. Conforme for adquirindo o aprendizado necessário, começará a receber outros conhecimentos para o seu crescimento profissional na empresa. Aprendendo desde cortar os alimentos, limpar o peixe, até a confecção das mais variadas peças de sushi.


“Nós costumamos deixar muito claro para os aprendizes que não queremos que aqui seja só mais um trabalho, a gente prioriza contratar pessoas que queiram crescer mesmo, porque a gente ensina tudo, a gente ensina do princípio do sushi até chegar na montagem do prato. Queremos pessoas para crescer aqui dentro. Porque dos 10 sushimans de Novo Hamburgo, os 10 aprenderam com o Mokai. A gente tem sushiman aqui hoje, que antes de vir pro Mokai, vendia abacaxi na rua, então não precisa ter experiência mesmo.”.


Em sua trajetória o Mokai sempre teve essa relação se ensinar às pessoas a profissão de sushiman e foi assim que se criou esse programa de aprendizado profissional, em que os aprendizes são contratados como funcionários e recebem para isso.


“Hoje eu sou apaixonado pelo o que eu faço, muito por causa da empresa e das pessoas que me ensinaram, sou muito grato pela oportunidade de ter entrado como aprendiz e hoje estou concluindo o meu processo para me tornar sushiman. E isso é muito legal para quem quer uma profissão e construir uma carreira, é a oportunidade, tanto em questão de estabilidade, quanto pela rentabilidade.” Gustavo, 20 anos, está em processo de se tornar um sushiman.


E para quem se interessou pelo programa, envie o seu currículo para o e-mail curriculos@sushimokai.com.br.